Feira Sabor Nacional

A LP3 FOI A FEIRA SABOR NACIONAL NO MUSEU DA CASA BRASILEIRA

FAZER A PRODUÇÃO DE VÍDEOS E FOTOGRÁFICA.

 

FEIRA SABOR NACIONAL NO MUSEU DA CASA BRASILEIRA DESTACA A IMPORTÂNCIA DO TRABALHO SOCIAL NA GASTRONOMIA

 

O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela Sociedade Civil por meio de A Casa Museu de Artes e Artefatos Brasileiros, e o Grupo FSN realizam em parceria a décima edição da Feira Sabor Nacional.

A feira reunirá produtos sazonais elaborados por pequenos produtores de alimentos, bebidas e acessórios culinários. Além disso, o foco da edição será apresentar trabalhos sociais que envolvam a gastronomia.

“Acreditamos que a gastronomia é um dos principais pilares de inclusão social e de transformação da sociedade, por meio de geração de empregos, preparação de jovens, troca de ensinamentos e da afirmação e reforço da nossa cultura. Nesta edição pretendemos valorizar e destacar esse tipo de ação desenvolvida pelos nossos expositores criando uma ponte e troca de ideias”, explica José Roberto Giffoni, um dos sócios do Grupo FSN.

A Feira Sabor Nacional contará com um espaço para o projeto Chef Aprendiz que tem como missão o uso da gastronomia para o desenvolvimento humano e inserção social, por meio da capacitação de jovens em situação de vulnerabilidade social para trabalharem na cozinha de restaurantes parceiros. Os jovens vivenciam aulas teóricas e práticas que incluem o autodesenvolvimento, na tentativa de que estejam preparados para o mercado e também para a vida. Durante o evento, os participantes do projeto montarão um pequeno restaurante onde servirão suas receitas. Dentro da feira outros expositores também realizam trabalhos sociais oferecendo oportunidades de trabalho e cursos variados, que vão desde panificação até como atender um cliente, dentre outras ações. “Iniciativas como a Feira Sabor Nacional são promovidas pelo Museu da Casa Brasileira porque geram oportunidade de acesso e incentivam os empreendedores da economia criativa nacional em diversos segmentos. O intuito é propiciar o contato direto entre o pequeno produtor ou artesão e o consumidor final”, finaliza Miriam Lerner, diretora geral do Museu.

Chef Aprendiz‟ que tem como missão o uso da gastronomia para o desenvolvimento humano e inserção social, por meio da capacitação de jovens em situação de vulnerabilidade social para trabalharem na cozinha de restaurantes parceiros. Os jovens vivenciam aulas teóricas e práticas que incluem o autodesenvolvimento, na tentativa de que estejam preparados para o mercado e também para a vida. Durante o evento, os participantes do projeto montarão um pequeno restaurante onde servirão suas receitas. Dentro da feira outros expositores também realizam trabalhos sociais oferecendo oportunidades de trabalho e cursos variados, que vão desde panificação até como atender um cliente, dentre outras ações. “Iniciativas como a Feira Sabor Nacional são promovidas pelo Museu da Casa Brasileira porque geram oportunidade de acesso e incentivam os empreendedores da economia criativa nacional em diversos segmentos. O intuito é propiciar o contato direto entre o pequeno produtor ou artesão e o consumidor final”, finaliza Miriam Lerner, diretora geral do Museu.

Work